TRIBALISTAS
(Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Marisa Monte)
 
Tríade, trinômio, trindade, trímero, triângulo, trio
Trinca, três, terno, triplo, tríplice, tripé, tribo
Os tribalistas já não querem ter razão
Não querem ter certeza,
Não querem ter juízo nem religião
Os tribalistas já não entram em questão
Não entram em doutrina, em fofoca ou discussão
Chegou o tribalismo no pilar da construção
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba
Um dia eu já fui chimpanzé
Agora eu ando só com o pé
Dois homens e uma mulher
Arnaldo, Carlinhos e Zé
Os tribalistas saudosistas do futuro
Abusam do colírio e dos óculos escuros
São turistas assim como você e seu vizinho
Dentro da placenta do planeta azulzinho
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba
Um dia eu já fui chimpanzé
Agora eu ando só com o pé
Dois homens e uma mulher
Arnaldo, Carlinhos e Zé
Dois homens e uma mulher
Arnaldo, Carlinhos e Zé
Um dia eu já fui chimpanzé
Agora eu ando só com o pé
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba
O tribalismo é um antimovimento
Que vai se desintegrar no próximo momento
O tribalismo pode ser e deve ser o que você quiser
Não tem que fazer nada basta ser o que se é
Chegou o tribalismo, mão no teto e chão no pé
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba
Pé em Deus e Fé na Taba...
Pé em Deus e Fé na Taba..
Fé na Taba..
Fé na Taba...
 
Ficha técnica
Tribalistas - Tribalistas Ao Vivo
CARNAVÁLIA
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

 
VEM PRA MINHA ALA
QUE HOJE A NOSSA ESCOLA
VAI DESFILAR
 
VEM FAZER HISTÓRIA
QUE HOJE É DIA DE GLÓRIA
NESTE LUGAR
 
VEM COMEMORAR
ESCANDALIZAR NINGUÉM
VEM ME NAMORAR
VOU TE NAMORAR TAMBÉM
 
VAMOS PRA AVENIDA
DESFILAR A VIDA
CARNAVALIZAR

NA PORTELA TEM MOCIDADE
IMPERATRIZ
NO IMPÉRIO TEM
UMA VILA TÃO FELIZ
BEIJA FLOR VEM VER
A PORTA-BANDEIRA
NA MANGUEIRA TEM MORENA
DA TRADIÇÃO
 
SINTO A BATUCADA SE APROXIMAR
ESTOU ENSAIADO PARA TE TOCAR

REPIQUE TOCOU
O SURDO ESCUTOU
E O MEU CORASAMBORIM
 
CUÍCA GEMEU
SERÁ QUE ERA EU
QUANDO ELA PASSOU POR MIM
 
LÁ LÁ LÁ LÁ
LÁ LÁ LÁ LÁ
LÁ LÁ LÁ LÁ
AONDE?

LÁ LÁ LÁ LÁ
LÁ LÁ LÁ LÁ
LÁ LÁ LÁ LÁ
ME DIGA, AONDE?
 
Ficha técnica
Carnavália - Tribalistas Ao Vivo
UM SÓ
(Arnaldo Antunes, Brás Antunes, Carlinhos Brown, Marisa Monte)

SOMOS COMUNISTAS
E CAPITALISTAS
SOMOS ANARQUISTAS,
SOMOS O PATRÃO
SOMOS A JUSTIÇA
SOMOS O LADRÃO
SOMOS DA QUADRILHA
VIVA SÃO JOÃO
SOMOS TODOS ELES DA RALÉ DA
REALEZA
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
1 2 3, SOMOS MUITOS , QUANDO
JUNTOS
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
SOMOS DEMOCRATAS
SOMOS OS PRIMATAS
SOMOS VIRA-LATAS
TEMOS PEDIGREE
SOMOS DA SUCATA
E VOCÊ AÍ?
SOMOS OS PIRATAS
GUARANI-TUPIS
SOMOS TODOS ELES DA RALÉ DA
REALEZA
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
1 2 3 QUANDO JUNTOS SOMOS
MUITOS
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
MARÉ ME FERE
MARÉ ME FERE
MARÉ ME BANHA
MARÉ ME LEVE
MARÉ ME LEVE
MARÉ ME GANHA
MARÉ ME FERE
MARÉ ME FERE
MARÉ ME FERE
MARÉ ME GANHA
MARÉ ME GANHA
MARÉ ME BANHA
SOMOS COMUNISTAS
E CAPITALISTAS
SOMOS ANARQUISTAS,
SOMOS O PATRÃO
SOMOS A JUSTIÇA
SOMOS O LADRÃO
SOMOS DA QUADRILHA
VIVA SÃO JOÃO
SOMOS TODOS ELES DA RALÉ DA
REALEZA
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
1 2 3, SOMOS MUITOS , QUANDO
JUNTOS
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
SOMOS DEMOCRATAS
SOMOS OS PRIMATAS
SOMOS VIRA-LATAS
TEMOS PEDIGREE
SOMOS DA SUCATA
E VOCÊ AÍ?
SOMOS OS PIRATAS
GUARANI-TUPIS
SOMOS TODOS ELES DA RALÉ DA
REALEZA
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
1 2 3 QUANDO JUNTOS SOMOS
MUITOS
SOMOS UM SÓ,
UM SÓ
SOMOS COMUNISTAS E TAMBÉM CAPITALISTAS
MARÉ ME FERE
MARÉ ME FERE
MARÉ ME BANHA
MARÉ ME LEVE
MARÉ ME LEVE
MARÉ ME GANHA
MARÉ ME FERE
MARÉ ME FERE
MARÉ ME FERE
MARÉ ME GANHA
MARÉ ME GANHA
MARÉ ME BANHA

Ficha técnica
Um Só - Tribalistas Ao Vivo
Vilarejo 
(Marisa Monte / Pedro Baby / Carlinhos Brown / Arnaldo Antunes)

Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão
Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraíso se mudou para lá
Por cima das casas cal
Frutas em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonhos semeando o mundo real
Toda a gente cabe lá
Palestina Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre
abertas
Pra sorte entrar
Em todas as mesas pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os
destinos
E essa canção
Tem um verdadeiro amor
Para quando você for
Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão
Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraíso se mudou para lá
Por cima das casas cal
Frutas em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonhos semeando o mundo real
Toda a gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre
abertas
Pra sorte entrar
Em todas as mesas pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os
destinos
E essa canção
Tem um verdadeiro amor
Para quando você for
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa

 
Ficha técnica
Vilarejo - Tribalistas Ao Vivo
Anjo da Guarda
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

Escureceu
O sol baixou
Anjo da guarda cantarolou
Nana neném
Nana neném
Cacheadinho, anjinho
é
De manhã sob o sol
Cada gota de orvalho
A secar, é suor
É suor de trabalho
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
O estudante
O trabalhador
Sente em deixar
o cobertor
Pega a marmita
Ronca o motor
Leva a beleza
Pra vida
é
De manhã sai da cama
Havaiana no pé
Apostila na mochila
E na mão, um café
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
Escureceu
o sol baixou
Anjo da guarda cantarolou
Nana neném
Nana neném
Cacheadinho, anjinho
é
De manhã sob o sol
Cada gota de orvalho
A secar, é suor
É suor de trabalho
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
O estudante, o trabalhador
Sente em deixar o cobertor
Pega a marmita
Ronca o motor
Leva a beleza
Pra vida
é
De manhã sai da cama
Havaiana no pé
Apostila na mochila
E na mão, um café
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném
Nana, neném


Ficha técnica
Anjo da Guarda - Tribalistas Ao Vivo
Fora da Memória
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte / Pedro Baby / Pretinho da Serrinha)

FORA DA MEMÓRIA TEM
UMA RECOMPENSA
UM PRESENTE PRA VOCÊ
VOCÊ QUE NÃO PENSA
NO QUE FOI,
NO QUE SERÁ
NO QUE FOI ,
NO QUE VIRIA
FORA DA MEMÓRIA TEM
UMA REGALIA
PARA QUANDO
VOCÊ ACORDAR
TODO DIA
FORA DA MEMÓRIA TEM
UMA FANTASIA
PARA VOCÊ RECORDAR
TODO DIA
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
FORA DA MEMÓRIA TEM
UMA RECOMPENSA
UM PRESENTE PRA VOCÊ
VOCÊ QUE NÃO PENSA
NO QUE FOI,
NO QUE SERÁ
NO QUE FOI ,
NO QUE VIRIA
FORA DA MEMÓRIA
TEM
UMA REGALIA
PARA QUANDO
VOCÊ ACORDAR
TODO DIA
FORA DA MEMÓRIA TEM
UMA FANTASIA
PARA VOCÊ RECORDAR
TODO DIA
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ
DE ESQUECER,
DE ESQUECER
DE ESQUECER IÊ........
DE ESQUECER IÊ........

Ficha técnica
Fora da Memória - Tribalistas Ao Vivo
Diáspora
(Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Marisa Monte)

ACALMOU A TORMENTA,
PERECERAM OS QUE A ESTES
MARES ONTEM SE ARRISCARAM;
VIVEM OS QUE, POR UM AMOR,
TREMERAM E DOS CÉUS OS
DESTINOS ESPERARAM
ATRAVESSAMOS O MAR EGEU
O BARCO CHEIO DE FARISEUS
COM OS CUBANOS,SÍRIOS,
CIGANOS
COMO ROMANOS SEM COLISEU
ATRAVESSAMOS PRO OUTRO LADO
NO RIO VERMELHO DO MAR
SAGRADO
OS CENTER SHOPPINGS
SUPERLOTADOS
DE RETIRANTES
REFUGIADOS
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
ONDE ESTÁ
MEU IRMÃO
SEM IRMÃ
O MEU FILHO
SEM PAI
MINHA MÃE
SEM AVÓ
DANDO A MÃO
PRA NINGUÉM
SEM LUGAR
PRA FICAR
OS MENINOS
SEM PAZ
ONDE ESTÁS
MEU SENHOR
ONDE ESTÁS?
ONDE ESTÁS?
DEUS! Ó DEUS !
WHERE ARE YOU?
ONDE ESTÁS QUE NÃO
RESPONDES?
EM QUE MUNDO, EM QUE ESTRELA
TU T'ESCONDES
EMBUÇADO NOS CÉUS ?
HÁ DOIS MIL ANOS TE MANDEI MEU
GRITO,
QUE EMBALDE DESDE ENTÃO
CORRE O INFINITO...
ONDE ESTÁS, SENHOR DEUS?..
ATRAVESSAMOS O MAR EGEU
O BARCO CHEIO DE FARISEUS
COM OS CUBANOS,SÍRIOS,
CIGANOS
COMO ROMANOS SEM COLISEU
ATRAVESSAMOS PRO OUTRO LADO
NO RIO VERMELHO DO MAR
SAGRADO
OS CENTER SHOPPINGS
SUPERLOTADOS
DE RETIRANTES
REFUGIADOS
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
ONDE ESTÁ
MEU IRMÃO
SEM IRMÃ
O MEU FILHO
SEM PAI
MINHA MÃE
SEM AVÓ
DANDO A MÃO
PRA NINGUÉM
SEM LUGAR
PRA FICAR
OS MENINOS
SEM PAZ
ONDE ESTÁS
MEU SENHOR
ONDE ESTÁS?
ONDE ESTÁS?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?
WHERE ARE YOU?


Ficha técnica
Diáspora - Tribalistas Ao Vivo
Um a Um 
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

Eu não quero ganhar
Eu quero chegar junto
Sem perder
Eu quero um a um
Com você
No fundo não vê
Que eu só quero dar prazer
Me ensina a fazer
Canção com você
Em dois
Corpo a corpo
Me perder Ganhar
Você
Muito além do tempo regulamentar
Esse jogo não vai acabar
É bom de se jogar
Nós dois
Um a um
Nós dois
Um a um
Nós dois
Um a um
Nós dois
Eu não quero ganhar
Eu quero chegar junto
Sem perder
Eu quero um a um
Com você
No fundo não vê
Que eu só quero dar prazer
Me ensina a fazer
Canção com você
Em duo
pouco a pouco
Me perder Ganhar
Você
Esse jogo não vai acabar
É bom de se jogar
Nós dois
Um a um
Nós dois
Um a um
Nós dois
Um a um
Nós dois
Um a um....
Me ensina a fazer
Canção com você
Em duo em dois
Em dois em duo
Me ensina a fazer
Canção com você
Em duo em dois
Em dois em duo


Ficha técnica
Um a Um - Tribalistas Ao Vivo
Ânima
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

Numa outra dimensão
Não tinha teto nem chão
Não havia início nem final
Eu caí numa placenta
No fim dos anos sessenta
No hemisfério sul ocidental
Da onde eu vim
Eu não trouxe mala
Não trouxe nada
Não trouxe cor
Eu não trouxe massa
Só trouxe alma
Deixa ser e deixa estar
Deixa ir, deixa ficar
Deixa quieto, deixa o céu no mar
Deixa a nuvem, deixa o ar
Deixa a pluma flutuar
Deixa o tempo, deixa circular
Pra onde eu vou
Eu não levo casa
Não levo nada
Vou nesse voo
Eu não levo peso
Só levo asa
Deixa ser e deixa estar
Deixa ir, deixa ficar
Deixa quieto, deixa o céu no mar
Deixa a nuvem, deixa o ar
Deixa a pluma flutuar
Deixa o tempo, deixa circular
Pra onde eu vou
Eu não levo casa
Não levo nada
Vou nesse voo
Eu não levo peso
Só levo asa

Ficha técnica
Ânima - Tribalistas Ao Vivo
Velha Infância
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown/Davi Moraes / Marisa Monte / Pedro Baby)

Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor
E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância
Seus olhos, meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só
Você é assim
Um sonho pra mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor
E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância
Seus olhos, meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só
Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim
Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim
Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim
Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor

Ficha técnica
Velha Infância - Tribalistas Ao Vivo
É Você
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

É você
Só você
Que na vida vai comigo agora
Nós dois na floresta e no salão
Nada mais
Deita no meu peito e me devora
Na vida só resta seguir
Um risco, um passo, um gesto rio
afora
É você
Só você
Que invadiu o centro do espelho
Nós dois na biblioteca e no saguão
Ninguém mais
Deita no meu leito e se demora
Na vida só resta seguir
Um risco, um passo, um gesto rio
afora
Na vida só resta seguir
Um ritmo, um pacto e o resto rio
afora


Ficha técnica “É Você”:

Intérpretes: Tribalistas 
Banda: Dadi, Pedro Baby, Pretinho da Serrinha e Marcelo Costa
Editoras: Rosa Celeste (Universal Publishing MGB)  / Candyall Music (Som Livre) /  Monte Songs (Sony ATV  )

 
Ficha técnica
É Você - Tribalistas Ao Vivo
Carnalismo
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Cézar Mendes / Marisa Monte)

No rastro do seu caminhar
No ar onde você passar
O seu perfume inebriante
Pendura o instante
A rua inteira a levitar
Me abraça e me faz calor
Segredos de liquidificador
Um ser humano é o meu amor
De músculos, de carne e osso
Pele e cor
No rastro do seu caminhar
No ar onde você passar
O seu perfume inebriante
Pendura o instante
A rua inteira a levitar
Me abraça e me faz calor
Segredos
Um ser humano é o meu amor
De músculos, de carne e osso
Pele e cor
 

Ficha técnica “Carnalismo”:
 
Intérpretes: Tribalistas 
Banda: Dadi, Pedro Baby, Pretinho da Serrinha e Marcelo Costa
Editoras: Rosa Celeste (Universal Publishing MGB)  / Candyall Music (Som Livre) /  Monte Songs (Sony ATV  )


Ficha técnica
Carnalismo - Tribalistas Ao Vivo
Aliança
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte / Pedro Baby / Pretinho da Serrinha)

SE UM DIA EU TE ENCONTRAR
DO JEITO QUE SONHEI
QUEM SABE SER
SEU PAR
PERFEITO E TE AMAR
DO JEITO QUE EU IMAGINEI
AO VIRAR A ESQUINA
ATRÁS DE UMA CORTINA ME
PERDER
NO ESCURO COM VOCÊ
FOGO NA FOGUEIRA
SEU BEIJO E O DESEJO EM SEU
OLHAR
AS FLORES NO ALTAR
VÉU E GRINALDA
LUA DE MEL
CHUVA DE ARROZ
E TUDO DEPOIS
DAMA DE HONRA
PEGA O BUQUÊ
NINGUÉM MAIS FELIZ
QUE EU E VOCÊ
SE UM DIA EU TE ENCONTRAR
DO JEITO QUE SONHEI
QUEM SABE SER
SEU PAR
PERFEITO E TE AMAR
DO JEITO QUE EU IMAGINEI
AO VIRAR A ESQUINA
ATRÁS DE UMA CORTINA ME
PERDER
NO ESCURO COM VOCÊ
FOGO NA FOGUEIRA
SEU BEIJO E O DESEJO EM SEU
OLHAR
AS FLORES NO ALTAR
VÉU E GRINALDA
LUA DE MEL
CHUVA DE ARROZ
E TUDO DEPOIS
DAMA DE HONRA
PEGA O BUQUÊ
NINGUÉM MAIS FELIZ
QUE EU E VOCÊ
NINGUÉM MAIS FELIZ
QUE EU E VOCÊ
NINGUÉM MAIS FELIZ que eeeu
NINGUÉM NINGUÉM
NINGUÉM MAIS FELIZ
QUE EU E VOCÊ
NINGUÉM
NINGUÉM MAIS FELIZ
QUE EU E VOCÊ
Huuu huuu
SE UM DIA EU TE ENCONTRAR
DO JEITO QUE SONHEI
QUEM SABE SER
SEU PAR
PERFEITO E TE AMAR
DO JEITO QUE EU IMAGINEI

Ficha técnica
Aliança - Tribalistas Ao Vivo
Até Parece 
(Marisa Monte/Arnaldo Antunes/Carlinhos Brown/Dadi Carvalho)

Até parece
Que não lembra
Que não sabe
O que passou
Não faz assim
Não faz de conta
Que não pensa
Em outra chance
Pra nós dois
Olha pra mim
Não me torture
Não simule
Não me cure
De você
Deixa o amanhã dizer
Deixa o amanhã dizer


Não é fácil
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown/Marisa Monte)

Não é fácil
Não pensar em você
Não é fácil
É estranho
Não te contar meus planos
Não te encontrar
Todo dia de manhã
Enquanto eu tomo meu café amargo
É, ainda boto fé
De um dia te ter ao meu lado
Na verdade eu preciso aprender
Não é fácil, É estranho
Onde você anda
Onde está você
Toda vez que saio
Me preparo pra talvez te ver
Na verdade eu preciso esquecer
Não é fácil, É estranho
É estranho
É estranho
É estranho


Ficha técnica
Até Parece + Não é Fácil - Tribalistas Ao Vivo
Sem Você
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown)

Pra onde eu vou agora, livre mas
sem você?
Pra onde ir?
O que fazer?
Como eu vou viver?
Eu gosto de ficar só
Mas gosto mais de você
Eu gosto da luz do sol
Mas chove sempre agora
Sem você
Às vezes acredito em mim, mas às
vezes não
Às vezes tiro o meu destino da minha
mão
Talvez eu corte o cabelo
Talvez eu fique feliz
Talvez eu perca a cabeça
Talvez esqueça e cresça
Sem você
Talvez precise de colchão, talvez
baste o chão
Talvez no vigésimo andar, talvez no
porão
Talvez eu mate o que fui
Talvez imite o que sou
Talvez eu tema o que vem
Talvez te ame ainda
Sem você
Chove Sem você
Sem você
Chove Sem você
Sem você
Chove Sem você
Sem você
Chove Sem você
Instrumental
Pra onde eu vou agora, livre mas
sem você?
Pra onde ir?
O que fazer?
Como eu vou viver?
Eu gosto de ficar só
Mas gosto mais de você
Eu gosto da luz do sol
Mas chove sempre agora
Sem você
Às vezes acredito em mim, mas às
vezes não
Às vezes tiro o meu destino da minha
mão
Talvez eu corte o cabelo
Talvez eu fique feliz
Talvez eu perca a cabeça
Talvez esqueça e cresça
Sem você
Talvez precise de colchão, talvez
baste o chão
Talvez no vigésimo andar, talvez no
porão
Talvez eu mate o que fui
Talvez imite o que sou
Talvez eu tema o que vem
Talvez te ame ainda
Sem você
Chove Sem você
Sem você
Chove Sem você
Sem você
Chove Sem você
Sem você
Chove Sem você

Ficha técnica
Sem Você - Tribalistas Ao Vivo
Lá de Longe
(Arnaldo Antunes/ Marisa Monte/Carlinhos Brown)

Longe,
lá de longe
De onde toda a beleza do mundo se
esconde
Mande para ontem
uma voz que se expanda e suspenda
esse instante
Lá de longe
de onde toda a beleza do mundo se
esconde
Mande para ontem
uma voz que se expanda e suspenda
esse instante
Lá de longe
de onde toda a beleza do mundo se
esconde
Cante para hoje
Longe, lá de longe
de onde toda a beleza do mundo se
esconde
Mande para ontem
uma voz que se expanda e suspenda
esse instante
Lá de longe
de onde toda a beleza do mundo se
esconde
Mande para ontem
uma voz que se expanda e suspenda
esse instante
Lá de longe
Lá de longe,lá de longe...

 
Ficha técnica
Lá de Longe - Tribalistas Ao Vivo
Lutar e Vencer
(Arnaldo Antunes /Carlinhos Brown /  Marisa Monte)

Temos suprimento
Temos provisão
Nesse acampamento
Nossa ocupação
Nós temos víveres, víveres, víveres
Nós temos víveres, víveres, víveres
Material humano
Com potencial
De uma natureza
Sobrenatural
Nós temos líderes, líderes, líderes
Nós temos líderes, líderes, líderes
Venha logo, não demore
Estamos esperando você
Venha, chegue juntoSomos fortes pra lutar e vencer
Venha logo, não demore
Estamos esperando você
Venha, chegue junto
Somos fortes pra lutar e vencer
Estamos dando aulaDe organização
Reformando a sala
Dormindo no chão
Não temos ídolos, ídolos, ídolos
Os velhos ídolos, ídolos, ídolos
Somos emergência
De revoluçãoTemos consciênciaE educação
Não temos símbolos, símbolos, símbolos
Os velhos símbolos, símbolos, símbolos
Venha logo, não demore
Estamos esperando você
Venha, chegue junto
Somos fortes pra lutar e vencer
Venha logo, não demore
Estamos esperando você
Venha, chegue junto
Somos fortes pra lutar e vencer
Lutar e vencer
Nós temos víveres, víveres, víveres
Oi Zé, devia sermos uns aos outros
Assim não serve né meu velho?
O negocio é vencer assim mesmo!
Lutar e vencer

Ficha técnica
Lutar e Vencer - Tribalistas Ao Vivo
Universo ao meu Redor
(Arnaldo Antunes/  Carlinhos Brown / Marisa Monte)

Tarde, já de manhã cedinho
Quando a névoa toma conta da
cidade
Quem pega no violão
Sou eu, sou eu
Pra cantar a novidade
Quantas lágrimas de orvalho na
roseira
Todo mundo tem um canto de
tristeza
Graças a Deus, um passarinho
Vem me acompanhar
Cantando bem baixinho
E eu já não me sinto só
Tão só, tão só
Com o universo ao meu redor
Laia laia laia
Tarde, já de manhã cedinho
Quando a nevoa toma conta da
cidade
Quem pega no violão
Sou eu, sou eu
Pra cantar a novidade
Quantas lágrimas de orvalho na
roseira
Todo mundo tem um canto de
tristeza
Graças a Deus, um passarinho
Vem me acompanhar
Cantando bem baixinho
E eu já não me sinto só
Tão só, tão só
Com o universo ao meu redor
Laia laia laia
Tão só
Com o universo ao meu redor
E eu aqui
Tão só,
tão só
Tão só,
tão só

Ficha técnica
Universo ao Meu Redor - Tribalistas Ao Vivo
Infinito Particular
(Arnaldo Antunes / Marisa Monte / Carlinhos Brown)

Eis o melhor e o pior de mim
O meu termômetro, o meu quilate
Vem, cara, me retrate
Não é impossível
Eu não sou difícil de ler
Faça sua parte
Eu sou daqui, eu não sou de Marte
Vem, cara, me repara
Não vê, tá na cara, sou porta
bandeira de mim
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante
Vem, cara, se declara
O mundo é portátil
Pra quem não tem nada a esconder
Olha minha cara
É só mistério, não tem segredo
Vem cá, não tenha medo
A água é potável
Daqui você pode beber
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante
Vem, cara, se declara
O mundo é portátil
Pra quem não tem nada a esconder
Olha minha cara
É só mistério, não tem segredo
Vem cá, não tenha medo
A água é potável
Daqui você pode beber
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
No meu infinito
particular
No meu infinito
particular
No meu infinito particular.

 
Ficha técnica
Infinito Particular - Tribalistas Ao Vivo
Paradeiro + Consumado
(Arnaldo Antunes / Marisa Monte / Carlinhos Brown)

Haverá paradeiro
Para o nosso desejo
Dentro ou fora de um vício?
Uns preferem dinheiro
Outros querem um passeio
Perto do precipício.
Haverá paraíso
sem perder o juízo e sem morrer?
Haverá pára-raio
Para o nosso desmaio
No momento preciso?
Uns vão de pára-quedas
Outros juntam moedas
antes do prejuízo
Num momento propício
Haverá paradeiro para isso?
Haverá paradeiro
Para o nosso desejo
Dentro ou fora de nós?
Fiz uma chanson d'amour
Fiz um love song
for you
Fiz una canzone
per te
Para impressionar você
Haverá paraíso
sem perder o juízo e sem morrer?
Haverá paradeiro
Para o nosso desejo
Dentro ou fora de nós?
Haverá paradeiro
Para o nosso desejo
Dentro ou fora de nós?
Haverá paradeiro
Para o nosso desejo
Dentro ou fora de nós?


Ficha técnica
Paradeiro + Consumado - Tribalistas Ao Vivo
Amor I Love You
(Carlinhos Brown / Marisa Monte)
Amor I Love You - Tribalistas Ao Vivo
Depois
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

Depois de sonhar tantos anos
De fazer tantos planos
De um futuro pra nós
Depois
de tantos desenganos
Nós nos abandonamos como tantos
casais
Quero que você seja feliz
Hei de ser feliz também
Depois
de varar madrugada
Esperando por nada
De arrastar-me no chão
Em vão
Tu viraste-me as costas
Não me deu as respostas
Que eu preciso escutar
Quero que você seja melhor
Hei de ser melhor também
Nós dois
Já tivemos momentos
Mas passou nosso tempo
Não podemos negar
Foi bom
Nós fizemos histórias
Pra ficar na memória
E nos acompanhar
Quero que você viva sem mim
Eu vou conseguir também
Depois
de aceitarmos os fatos
Vou trocar seus retratos pelos de
um outro alguém
Meu bem
Vamos ter liberdade
Para amar à vontade
Sem trair mais ninguém
Quero que você seja feliz
Hei de ser feliz também
Depois


 
Ficha técnica
Depois - Tribalistas Ao Vivo
Trabalivre
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Carminho / Marisa Monte)

Um dia minha mãe me disse
''Você já é grande, tem que trabalhar''
Naquele instante aproveitei a chance
Vi que eu era livre para me virar
Fiz minha mala, comprei a passagem
O tempo passou depressa e eu aqui cheguei
Passei por tudo que é dificuldade
Me perdi pela cidade mas já me encontrei
Domingo boto meu pijama
Deito lá na cama para não cansar
Segunda-feira eu já tô de novo
Atolado de trabalho para entregar
Na terça não tem brincadeira
Quarta-feira tem serviço para terminar
Na quinta já tem hora extra
E na sexta o expediente termina no bar
Mas tenho o sábado inteiro pra mim mesmo
Fora do emprego
Pra me aprimorar
Sou easy, eu não entro em crise
Tenho tempo livre
Pra me trabalhar


Ficha técnica
Trabalivre - Tribalistas Ao Vivo
Passe em Casa
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Margareth Menezes / Marisa Monte)

Passam pássaros e aviões
E no chão os caminhões
Passa o tempo, as estações
Passam andorinhas e verões
Passe em casa
tô te esperando
tô te esperando
Passe em casa
tô te esperando
tô te esperando
Estou esperando visita
Tão impaciente, aflita
Se você não passa no morro
eu quase morro,
eu quase morro
Estou implorando socorro
ou quase morro,
ou quase morro
Vida sem graça se você não passa no morro
Já estou pedindo que
Passe um tempo, passe lá
Passe o mal pelos meus lençóis
Passe agora, passe enfim
Passe um momento pra ficarmos sós
Passe em casa
tô te esperando
tô te esperando
Passe em casa
tô te esperando
tô te esperando
Estou esperando visita
Tão impaciente, aflita
Se você não passa no morro
eu quase morro,
eu quase morro
Estou implorando socorro
ou quase morro,
ou quase morro
Vida sem graça se você não passa no
morro
Já estou pedindo que

Ficha técnica
Passe em Casa - Tribalistas Ao Vivo
Já Sei Namorar
(Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Marisa Monte)

Já sei namorar
Já sei beijar de língua
Agora só me resta sonhar
Já sei onde ir
Já sei onde ficar
Agora só me falta sair
Não tenho paciência pra televisão
Eu não sou audiência para a solidão
Eu sou de ninguém
Eu sou de todo mundo
E todo mundo me quer bem
Eu sou de ninguém
Eu sou de todo mundo
E todo mundo é meu também
Já sei namorar
Já sei chutar a bola
Agora só me falta ganhar
Não tenho juiz
Se você quer a vida em jogo
Eu quero é ser feliz
Não tenho paciência pra televisão
Eu não sou audiência para a solidão
Eu sou de ninguém
Eu sou de todo mundo
E todo mundo me quer bem
Eu sou de ninguém
Eu sou de todo mundo
E todo mundo é meu também
Tô te querendo
Como ninguém
Tô te querendo
Como Deus quiser
Tô te querendo
Como eu te quero
Tô te querendo
Como se quer
Tô te querendo
Como ninguém
Tô te querendo
Como Deus quiser
Tô te querendo
Como eu te quero
Tô te querendo
Como se quer
Tô te querendo
Tô te querendo
Tô te querendo
Tô te querendo
Tô te querendo

Ficha técnica
Já Sei Namorar - Tribalistas Ao Vivo